Meu coração é BU

SAPATOS DE COURO

 
                                    Sapatos de couro

                                               cuide e eles serão sempre como novos

 
 
 
 
 
Não é novidade que os sapatos de couro, em geral, têm maior durabilidade, além de proporcionarem mais conforto para os pés. Porém, eles também sofrem com a ação do tempo, necessitando de cuidados especiais na hora de usar, limpar e guardar.
Para não perder o investimento que você fez com tanto carinho naqueles sapatos, sandálias e botas de couro, aprenda como cuidar melhor dos calçados feitos com esse material, que apesar de resistente, tem uma superfície muito delicada.
Depois de usar o sapato o primeiro cuidado que se deve ter em mente é que jogá-lo de qualquer jeito dentro do guarda-roupa ou da sapateira não vai deixá-lo com uma boa aparência. Guardá-lo assim, sem limpar e sem separá-lo dos demais calçados, poderá danificar o material, acumular fungos e até modificar seu formato.
Então, sempre que usar o calçado, deixe-o na área de serviço até que você possa higienizá-lo. Para limpar o sapato, jamais o mergulhe na água, apenas passe um pano levemente umedecido e coloque-o na sombra para secar, depois que estiver bem seco, então poderá ser guardado.
Outro cuidado também para que o calçado fique com uma boa aparência é aplicar pelo menos uma vez por mês um creme de limpeza ou líquidos de brilho. Assim depois que sempre fizer a higienização comum é só polir com um pedaço de flanela para que fique como novo.
Quando o couro do sapato for do tipo nobuck ou camurça, o cuidado deve ser dobrado, já que essas superfícies são mais frágeis. Nesses casos, vale investir em sprays secos, próprios para tratar e retirar manchas desse tipo de material.

 
 
 

 
 
 
 
Para que o couro não “amasse” ou a sola não entorte, o segredo é guardar o calçado corretamente. Coloque-os em caixas de plástico transparente que vem com uns furinhos para ventilar. As botas nunca devem ser dobradas, por isso o melhor é guardá-las nesse mesmo tipo de caixa ou em pé com um papelão dentro, para que o cano fique levantando.
Além disso, sempre que possível evite utilizar o mesmo sapato por dois dias seguidos, o ideal é deixá-lo em um lugar bem arejado para que ele possa respirar, ou seja, para que saia toda a umidade dos pés que ficou em seu interior. Isso ajuda evitar também que fungos se proliferem e causem mofos ou maus odores.

 

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Não saia sem comentar, seu comentário é muito importante para mim.
Xero com carinho

carmenmirtes@gmail.com

 

>